Sobre o EcoSilenzio

Norma regulariza novas construções

Data e Hora  publicado em 14/05/2010 às 17:13

Chamada NBR 15575 e criada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), a regra considera que isolamento acústico, estrutura, pisos internos, vedações externas e internas, coberturas e instalações hidrossanitárias terão que ter, obrigatoriamente, uma garantia mínima estabelecida pela construtora.

“Na prática, esta norma estabelece que alvenaria, pintura, esquadrias e janelas, por exemplo, tenham um prazo de validade. Caso não cumpra as normas, a construtora ou incorporadora podem ser acionadas na Justiça”, disse Rubens Debs Procópio, vice-presidente de tecnologia construtiva do Sindicato da Indústria da Construção Civil em Uberlândia (Sinduscon). Segundo ele, a mudança é algo positivo para o setor. “A norma constitui um padrão de qualidade, o que é bom para as empresas, pois mostra que o produto dela é certificado, e uma segurança a mais para o consumidor final, que saberá exatamente o que está comprando”, afirmou.

De acordo com Agnes Chan, engenheira técnica de segurança do trabalho do Serviço Social da Indústria da Construção Civil (Seconci), a regra é vantajosa para o consumidor final. “Isso porque obriga as empresas a se adequar a um padrão mínimo de qualidade. Já vi casos em que vários moradores entraram com ações na Justiça, por causa de problemas em edificações. Agora vai ficar mais fácil saber a qualidade do produto”, disse.

Conforto acústico deve ser priorizado por construtoras

A norma NBR 15575, que estabelece critérios e métodos de avaliação de desempenho dos principais sistemas que compõem um edifício, obriga, a partir de agora, que os arquitetos busquem um conforto acústico maior em seus projetos. “Isso deve ser feito por meio de materiais e sistemas construtivos que apresentam desempenho adequado nas edificações”, disse Rubens Debs Procópio, vice-presidente de tecnologia construtiva do Sinduscon.

O conforto acústico é caracterizado como a ausência da interferência de ruídos desagradáveis, externos e internos. “Mas isso não quer dizer que o morador de um apartamento não ouça o salto alto da vizinha de cima, tudo vai depender da qualidade do material utilizado na construção”, afirmou Rubens Procópio.

O que os especialistas recomendam

Solicite fornecimento de projeto obedecendo as normas ABNT NBR 10151, NBR 10152 e NBR 15575 de desempenho da construção e as normas NR Trabalhistas. O projeto deverá fornecer desenhos com as soluções acústicas contendo especificações dos materiais, a manta acústica EcoSilenzio já está adequada ao nível superior da NBR 15575-3, consulte-nos.

Fonte: Marcelo Calfat (Banco do Povo)

 

Tags Tags:  desempenho da construção manta acústica regulariza NBR 15575

0 comentário(s). Fique à vontade para comentar.










Tic topo

HOME  |  SOBRE O ECOSILENZIO  |  APLICAÇÃO  |  ECOBLOG  |  NBR 15575  |  FALE CONOSCO

Acital 30 anos ProAcustica

Twitter You Tube Flickr PDF RSS Feed

Créditos: Modena Design